quinta-feira, 16 de abril de 2015

“A BabyGrow Suicida depois de apelar às armas com o seu exército, até já consegue descortinar a minha marcha in-ofensiva, apesar de ser complicado decifrar aquela escrita de pseudo-culta-engraçada-sexy-bitch com frases sem edição apesar da trombose que claramente teve enquanto as redigia." - Sophia



Sophia, há quem refira que “mau” é dar-te importância, sendo que, quem a dá de alguma forma oferenda-te interesse, quase equivalente a dar-te valor. Eu valorizo-te!
És um ser humano, terás tu dois olhos, as tais janelas do teu mundo, dois braços, um coração frágil e também romântico, uma figadeira simpática, quanto ao número de pernas fico em dúvidas  de quantas terás. Este é o meu lado vulgar, um pouco gingão em formato Alto Pina, em nada complicado de se decifrar. No fundo gostava de te saber homem a juntar-te ao meu exército. (As miúdas da blogosfera não se chegam à frente).
Poderia dizer que o teu mal é falta de aguarrás para te lavares por baixo (é uma expressão engraçada), numa de azedume, aí era mesmo coisa de mão na anca e pé de chinelo, pouco sexy, mas muito bitch e eu não reúno condições para tal, nem ao fim de muito grânulo medicamentoso engolido!
Li e reli, como é obvio, não é fácil a tua expressão escrita, com tantas curvas e azinhagas, mas interpretei em especial esperança. Acreditei que na realidade virtual gostas de mim, ainda que não te relaciones com gentes que convivem a bem com o pouco saber. Digo isto, porque não me mimas em especial, com visitas ou mail´s. Sinto inveja do Eros.
Mas quero que saibas que mora em mim pretensões a saber mais, a cultivar-me.

Tentando atingir as tuas saborosas palavras, que tive de pedinchar, diga-se em virtude de me por a jeito, ficam-me dúvidas, novamente citando, que pode acontecer nunca chegar ao teu perceptível estado intelectual. Mas, gosto de aprender com humildade.
De forma que, anseio por esclarecimento à tal questão da trombose. É-me difícil atingir, no entanto quer cá me parecer que é coisa pouco saudável.

Será um alerta para eu ter cuidado com as gorduras? Sim, o meu colesterol não é dos melhores... estarás tu numa de indireta/direta em grito de alerta a precaver a blogosfera da minha possível condição de Orca com olhos?! Fico triste, fico triste... as Orcas são sexy`s! 

Agora vou almoçar, que isto até me deu fome.

Olha e "frases sem edição"? ahhhh sem nexo, ttssst pois...

10 comentários:

Shiver disse...

Eu acho que a trombose vem de te querer ir á tromba, ela que tanto gosta que lhe fodam o focinho ;)

Para acabar a rimar,quem desdenha quer comprar e o amor está no ar.

Olha eu nao tive que pedinchar e tive palavras "amigas" na mesma, com direito a toque retal de que tanto gosto e tudo.
Só faltou a tal foda que a dita cuja me queria dar e ensinar para por fim largar a pornografia e as bombas penianas.
Vou, com esperança infinita na bondade humana, continuar á espera.

Beijinhos babygrowsexybitch :D

Cadinho RoCo disse...

Quando nos colocamos, com carinho, ao dispor dos nossos delírios, eis que de outros brotam carícias não menos tresloucadas. A vida que nos une é a mesma que nos pune.
Cadinho RoCo

Legionário disse...

O crítico não aprende é unicamente um leitor que rumina: por isso devia ter mais de um estômago!
Bs, os cães ladram e a caravana passa, continue igual a si mesma!:))

Sophie L. disse...

Bebé, estás a ver como tal como a raça bovina, desempenhas melhor as tuas funções quando devidamente picada? Adorei sinceramente cada frase e tens mesmo muito a ensinar a quem não consegue contrapor humor com amor, e vice versa. Para quê ruminar num pasto de gente pastosa? Haja quem use um brasão para espevitar as vaquinhas... Que essas só fossem uma vez por ano no mundo animal... :)

Dá-lhe miúda roliça... Meu autêntico rolo compressor da construção gramatical... :)

Sophie L. disse...

P.S.: claro que te enviaria um mail. Mas para tal, além de teres de fazer uma rinoplastia como oferta para a aplicação de uma banda gástrica, terias de ostentar no teu perfil de blogger o teu mail ;)

Eros disse...

Apesar de estarmos numa fase em que o meu nome figura em vários posts alheios, não gosto de entrar em querelas alheias. Pouco me interessam invejas, ressabiamentos e ressentimentos, sejam aqui ou no dia a dia. Todavia, tenho de admitir algo... A tua escrita, bem como a escrita da menina com língua de serpente é de um primor que me fascina a vários níveis. Gosto de gente que ou se ama ou se odeia. Detesto áreas de cinzento. E há conflitos que realmente arrastam alguma espécie de evolução.

Orlando N. disse...

Bom dia, Baby S:
Não entendi nada, mas no prob. No big news...lol. Nada de novo. Acontece todos os dias, a toda a hora. Creio que é o nonsense (ou noncense?)globalizado e generalizado...lool.
Deixo mesmo só desejos de um bom dia e um lindo fds - e thx pela visita ;)

madagascar2013 disse...

Adoro quando as mulheres se pegam arrepanhando cabelos e tudo...não deixam por menos palavras e contra-palavras que acicatem seu estar ou mal estar...dizem o que sentem e não se poupam a letras ou palavras...eita Mulheres como vos adoro...com colesterol ou com umbigos sexy

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Eu também não entendi nada...
Mas que eu li 3 ou 4 vezes para tentar eu li... juro!! Mas olhe Miss B.S., eu sou burro mesmo!!

Ás de Espadas disse...

Ai jesus, o que práqui vai...
Eu cá estou como tu, não sei bem se é outra, se é outro, o que sei é que o que por ali vai de ressabiamento, menina... aquilo deve ter tanto corrimento que vem à memória aquela obra prima do canto lírico que todos em miúdos aprendemos, e que dá pelo refinado nome de "Minha tia Dora", que a determinada altura da sua vida, a cada desgraçada esporradela, fazia "andar um barco, à vela"! e enchia "um alguidar"...
Cuidado ao frequentar. Contactar sempre antes o Instituto de Socorros a Náufragos, vulgo nadador-salvador, não só pelo corrimento, que propicia um ambiente alagadiço, mas, e principalmente, pela verborreia! Não vá alguém ter a tentação de a foder e ficar com o instrumento (seja pirilau ou perereca) lesionado. As adições são fodidas e então quando em falta...

Beijos apertados