terça-feira, 29 de outubro de 2013

Aprenda a engolir

Hoje teclava com um amigo, amigo..., vá chamemos amigo, sim, somos muito desconhecidos, para a coisa se tornar mais romântica, ainda que se queira mesmo, erótica ou porca como diz a outra alminha! E, dizia eu que, tocávamos nas teclas do engolir ou não engolir. 


Sou apologista de engolir. Nem que seja um bocadinho, vá, dá-lhes alento e confiança e na próxima tornar-se-ão em possíveis machos mais viris. É que isto anda pela hora da morte! Nem faço referencia à cena troikiana, que ainda levo às tantas, com mais pichas inibidas. E agora tudo é culpa da troika que já me cansa! E mais não por favor!
Assim, digamos que é bem, de se ter sempre à cabeceira um copo de água tépida, pois que cuspamos o excesso no copo, envolvamos com o dedo, para mais tarde recordar, acompanhado com um qualquer bolinho seco, aromatizado com alguma sorte, por ervas finas da alta culinária.

10 comentários:

Leão da Estrela disse...

Vai um chazinho? ;)

Casaert disse...

:D gostei..........no fim uns bolinhos...só tu...

Paulo Alves disse...

Sem dúvida engolir....Mas nem sempre, quando não o for basta deixar escorrer pelo membro...voltar lá e deixar se misturar com a saliva e tudo se dissolverá, só o delicioso sabor fica.

Baby Suicida disse...

Leão, não tarda são 5 da tarde, hora do chá!

Apertinhos em ti

Baby Suicida disse...

Casaert, e bolinhos de canela??? Opá adoro!

Baby Suicida disse...

Paulo tudo são boas estratégias ;)


Um aperto em ti.

Shiver disse...

Quem engole tem o meu respeito :)

Baby Suicida disse...

sem mais,
engulo.


Aperto sorvido!

Duckman disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Baby Suicida disse...

Resposta que não te dou agora.
Quem sabe, presencial.

Bons apertos Duck e vem-te sempre!