quarta-feira, 28 de outubro de 2015

sem título

Fascinas-me, sempre me fascinaste e voltar a dialogar contigo, como fazíamos antigamente, é incontornável.

18 comentários:

Shiver disse...

Haja dialogo ;)

Beijo

distopico18 disse...

Deve ser um fascínio incontornável!

Bjs

Casaert disse...

Fascinas-me...é algo que não surge com muita frequência, abusa!

bj

C.N. Gil disse...

...o fascínio, por vezes, ofusca...

:)

Legionário disse...

Bs, entre o real e a fantasia, fascinação sempre!:)

Baby suicida disse...

Shiver, só com o um bom diálogo é que nos entendemos!

Baby suicida disse...

Distopico 18, bem vindo a esta rua!

Deve ser... Eu não sei, mas confio que o seja!

;)

Baby suicida disse...

Casaert, serei eu uma abusadora??? hummmm...

Baby suicida disse...

Gil, daí usar óculos escuros sempre que possível :)

Baby suicida disse...

Legionário, a imaginação é tão fértil amigo...

Casaert disse...

Só tu e o tal é que sabem, cabe a vocês saber quem abusa de quem :D

Baby suicida disse...

Oh Casaert mas quem é o tal caraças? Tu esclarece-me rapaz! Ai essa imaginação... uma moça escreve por exemplo "peido" e logo imaginam que anda mal dos intestinos :P

Beijoka em ti homem pombo!

SinneR disse...

é sempre bom termos assim alguém... alguém que nos entenda... bom ouvinte... bom conselheiro... bom amigo.

bj doce

Casaert disse...

Não me refiro ao tal como sendo um sujeito, até podes ser tu própria, é o tal...o meu tal sou eu, dialogo muito comigo e vivo fascinado :D

Shiver disse...

Gostas é de dar á lingua ;)

Baby suicida disse...

Casaert, viver fascinado é uma bênção.

Baby suicida disse...

Shiver, tenho dias.

madagascar2013 disse...

incontornável...traz pensamentos loucos tal movimento ou ausência dele :-)